Meu filho caiu e quebrou um dente... o que fazer?

As crianças quando aprendem a andar, não param quietas. Correm pra lá e pra cá, pulam de um lado para o outro e... Não tem jeito: os tombos são inevitáveis. Os pais entram em pânico quando, no meio de tanta estripulia ela cai, bate a boca e quebra ou mesmo arranca um dente.

Primeiro conselho: não entre em desespero absoluto. Os procedimentos que você verá a seguir servem, inclusive, para o dente-de-leite. Não pense que só é preciso correr para o consultório quando se trata de um dente permanente. Um profissional precisa avaliar o quadro o quanto antes. Pegue o pedaço ou o dentinho que se soltou. Mesmo que esteja enlameado, não o esfregue na tentativa de limpá-lo em hipótese alguma. A limpeza para tirar os restos de terra, por exemplo, pode matar os delicadíssimos ligamentos do dente e atrapalhar um eventual reimplante. Se o dente não estiver imundo, coloque o dente na sua boca. Isso mesmo! Por questões de pH , a boca é o ambiente ideal para o dentinho aguardar a chegada no dentista vivo. Ele é um tecido vivo. Se ressecar e morrer no trajeto, esqueça o reimplante. Não dá para colocá-lo na boca? Então, mergulhe-o em um recipiente com soro fisiológico. Leve a criança o mais rápido possível para o dentista. Para obter sucesso, o reimplante deve ser feito em, no máximo, uma hora. Se o dente ainda for de leite, dependendo do tipo de trauma sofrido, o especialista pode optar por evitar o reimplante, se notar que ele atrapalhará o nascimento do permanente. Consulte sempre seu médico! Indicações de primeiros socorros baseadas no site bebe.com.br


Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
No tags yet.